8ª edição do Prémio de Jornalismo na área da Dor

Reportagem “Renascidos do Cancro” da TSF distinguida com Prémio de Jornalismo na área da Dor

Lisboa, 10 de outubro de 2019 – A reportagem “Renascidos do Cancro”, da jornalista Cristina Lai Men, da TSF, é o trabalho vencedor da 8.ª edição do Prémio de Jornalismo na área da Dor, o prémio anual promovido pela Fundação Grünenthal, com o apoio da Associação Portuguesa para o Estudo da Dor (APED). Esta reportagem foi distinguida com o primeiro prémio, no valor de dois mil euros.

O segundo prémio, no valor de mil euros, foi entregue à jornalista do Público, Susana Pinheiro, com a reportagem “Ir ao hospital fazer acupunctura, hipnose ou “reiki””. Foi ainda atribuída uma Menção Honrosa à jornalista Sara Dias Oliveira, pela reportagem “Dor Crónica, Dor que mói”, publicada na Notícias Magazine, revista semanal do Jornal de Notícias.

Os prémios foram atribuídos tendo em conta critérios como a criatividade, a investigação, a relevância e a qualidade das peças jornalísticas.

Os trabalhos foram submetidos à avaliação de um painel de jurados constituído pela Dr.ª Beatriz Craveiro Lopes, representante da Fundação Grünenthal, pela Drª. Iuri Correia e Enfermeira Anabela Marques, da Associação Portuguesa para o Estudo da Dor, e Isabel Nery e Sofia Branco, do Sindicato dos Jornalistas.

O Prémio de Jornalismo na área da Dor é um prémio promovido anualmente pela Fundação Grünenthal, com o apoio da Associação Portuguesa para o Estudo da Dor (APED), e tem como objetivo incentivar e reconhecer o interesse e qualidade dos trabalhos jornalísticos na área da Dor.

A cerimónia de entrega do Prémio decorreu hoje, dia 10 de outubro, durante o Colóquio da Fundação Grünenthal, na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa.

Sobre a Fundação Grünenthal:

A Fundação Grünenthal é uma entidade sem fins lucrativos que tem por fim primordial a investigação e a cultura científica na área das ciências médicas, com particular dedicação ao estudo da dor e respetivo tratamento.

Para mais informações consulte www.fundacaogrunenthal.pt

Sobre a APED:

A Associação Portuguesa para o Estudo da Dor (APED) tem como objetivos promover o estudo, o ensino e a divulgação dos mecanismos fisiopatológicos, meios de prevenção, diagnóstico e terapêutica da dor em Portugal, de acordo com os parâmetros estabelecidos pela International Association for the Study of Pain e pela Organização Mundial de Saúde.

Para mais informações: www.aped-dor.com

Maria João Serra

ATREVIA Lisboa

Telefone:  21 324 02 27

Telemovel:  914 027 327

ligado:  10 Out 2019

Voltar

 
  • © Fundação Grünenthal
  • Contraste
  • Texto + -
  • Imprimir
  • Compartir en: facebook
  • Compartir en: twitter
  • rss